Efecto del incremento en el número de señales de biofeedback-EMG sobre el control muscular en la hemiplejia

Resultado de la investigación: Contribución a una revistaArtículorevisión exhaustiva

Resumen

Avaliou-se o controlo diferencial e simultâneo entre grupos musculares do membro inferior directo num paciente hemipléjico. Os músculos registados foram o peroneo lateral longo (PLL), o tibial anterior (TA) e o gémeo externo (GE). Realizouse um estudo de caso único com um plano AB composto de dois tratamentos A e B. O tratamento A era composto de 6 sessões e cada sessão por 12 ensaios, perfazendo um total de 72 ensaios; o tratamento B era composto por 7 sessões com 12 ensaios em cada sessão perfazendo um total de 84. No tratamento A fornecia-se informação ao sujeito sobre a actividade electromiográfica dos músculos PLL, TA y GE simultaneamente, e no tratamento B sobre os músculos PLL e TA; em ambas as condições o sujeito devia aumentar a actividade do músculo PLL enquanto diminuía a actividade dos músculos TA e GE (tratamento A) ou apenas do músculo TA (tratamento B). Realizou-se uma análise da intervenção em séries temporais, observando-se um melhor controlo muscular no tratamento B (dois tisnais) que no tratamento A (três sinais).
Idioma originalEspañol
Páginas (desde-hasta)301-312
Número de páginas12
PublicaciónInternational Journal of Clinical and Health Psychology
Volumen3
EstadoPublicada - 2003
Publicado de forma externa

Citar esto