(Des)orden nacional: la construcción de la migración venezolana como una amenaza de salud y seguridad pública en Colombia

J. Thomas Ordóñez, Hugo Eduardo Ramirez Arcos

Research output: Contribution to journalArticle

Abstract

A partir do ano 2015 a migração massiva de venezuelanos enfrenta à sociedade colombiana a uma situação inédita em sua história recente. No meio de um contexto atravessado pela hiperpolitização das relações entre ambos os países, milhares de migrantes se têm encontrado com a estigmatização em uma sociedade que desenvolve mecanismos para conter as "ameaças" que representa sua mobilidade. Para esses fins, o artigo aborda tanto notícias e imagens de diferentes meios de comunicação, quanto discursos políticos e notícias falsas que circulam através de cadeias de WhatsApp, que em conjunto terminam por afiançar a percepção de ameaça em distintos setores da sociedade colombiana.
Original languageSpanish (Colombia)
Pages (from-to)48-68
Number of pages20
JournalRevista Ciencias de la Salud
Volume17
DOIs
StatePublished - 2019

Cite this